Sobre a importância do nome.

Me deparei esses dias com uma notícia na Folha, uma pequena nota, sobre um projeto de Lei para mudar o nome do Elevado Costa e Silva, as opções seriam nomeá-lo oficialmente de Minhocão ou rebatizá-lo de Presidente João Goulart.

Vocês conseguem ler o projeto de Lei inteiro aqui nesta página do Cidade Aberta.

Muita gente pode pensar:

– Que besteira, esses vereadores têm mais o que fazer do que se preocupar com nome de via pública!

– Onde já se viu? Até parece que isso vai fazer alguma diferença.

Pois bem, na minha opinião, é importante se preocupar e faz diferença sim.

Lacan, no Seminário IX, escreveu:

“Vocês sabem, como analistas, a importância que tem em toda análise, o nome próprio do sujeito. Vocês têm sempre que prestar atenção em como se chama seu paciente. Nunca é indiferente.”

Depois da marca que um nome nos perpetra, nós e nosso meio social somos obrigados a fazer algo com isso. E voltando de um Fórum Mundial de Direitos Humanos, ainda fico com a sensação de que o que estamos fazendo com o rastro que a ditadura deixou no nosso país ainda é insuficiente.

Mudar um nome pode significar mudar uma história. Essa garantia não existe, mas a aposta é importante.

Significar e Ressignificar. É o que fazemos com os nomes que nos são dados ao longo da vida. E é o que precisamos fazer também com as marcas da história ao nosso redor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s